Diretório

APPACDM do Porto - Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental

A APPACDM do Porto apoia pessoas com atraso de desenvolvimento, deficiência intelectual ou incapacidade de todas as idades, procurando que todas tenham um projeto de vida participado, que corresponda às suas expectativas e necessidades e à sua inclusão. A sua área de intervenção estende-se a toda a cidade do Porto, onde nasceu em 1969.

Presentemente presta serviços a 325 pessoas, através de acordos de cooperação com a Segurança Social nas valências de Intervenção Precoce, Centro de Atividades Ocupacionais, Lar Residencial e Centro de Atendimento, Acompanhamento e Reabilitação Social para Pessoas com Deficiência ou Incapacidade. Para o bom desempenho destes serviços conta com a participação de 140 colaboradores e cerca de 30 voluntários
   
Travessa da Costibela, 85 Aldoar
4100-186 Porto Porto
  • NIPC 504646842
  • Banco BPI
  • IBAN PT50-0010-0000-4384-1480-0012-0
  • Consignação 0,5% IRS

BI da Instituição

  • Associação
  • Potenciar o desenvolvimento, a valorização e a Qualidade de Vida das pessoas com deficiência intelectual ou incapacidade, mantendo uma forte e comprometida relação com as famílias e a sociedade.
  • Autodeterminação
    Respeito
    Valorização
    Cooperação
    Rigor
    Confiança
    Inovação
    Excelência
  • 2000
  • dezembro de 1969
  • Acção Social;
  • Pessoas com deficiência;
  • Acolhimento Temporário; Actividades Ocupacionais; Atendimento Social e Psicológico; Centro Terapêutico; Educação Especial; Hidroterapia; Hipoterapia; Intervenção Precoce; Lar Residêncial; Acolhimento Permanente;
  • Assembleia Geral
    Presidente – Maria Josefina Nápoles Cardoso Pinto Bazenga
    Vice-Presidente – José Loureiro Campos
    Secretário – Emanuel José da Silva Botelho
  • Conselho Fiscal
    Presidente – Mário Augusto de Oliveira Dias
    1º Vogal – Alexandre Manuel Gomes de Araújo Faria
    2º Vogal – José Miguel Duarte Couto
  • Direção
    Presidente – Maria Teresa Graça Moura de Meireles Guimarães
    Vice-Presidente – Tânia Cristina Mota Custódio
    Secretário – Maria da Conceição Forte Morais
    Tesoureiro – José Manuel Marques Ferreira Santos
    Vogal – Pedro Olazabal Avides Moreira

CAO - Centro de Atividades Ocupacionais

Os Centros de Atividades Ocupacionais (CAO) destinam-se a pessoas com deficiência intelectual com idade igual ou superior a 16 anos, cujas capacidades não permitam o enquadramento em regime de emprego protegido e careçam de apoios específicos, nomeadamente psicológico e social. As atividades ocupacionais visam a valorização pessoal e a integração social de pessoas com deficiência intelectual, permitindo o desenvolvimento das suas capacidades. Existem 4 CAO na APPACDM do Porto:
CAO Dr. Rui Abrunhosa
CAO D. Maria Isabel Brito e Cunha
CAO das Antas
CAO de Monte Alegre

Atualmente a APPACDM do Porto apoia nos seus 4 CAO 165 pessoas com deficiência intelectual e multideficiência.

Equipa Técnica:
Psicólogos
Técnicas de Serviço Social
Terapeutas Ocupacionais
Psicomotricistas
Fisioterapeutas
Monitores
Ajudantes de Estabelecimento de Apoio a Pessoas com Deficiência (AEAPD)
Trabalhadores Auxiliares de Serviços Gerais
Motoristas

Lar Residencial

Os Lares Residenciais são unidades destinadas ao acolhimento permanente ou temporário de pessoas com deficiência/incapacidade intelectual, a partir dos 16 anos, que se encontrem impedidas de residir no meio familiar, contribuindo para o seu bem-estar e melhoria da qualidade de vida. São objetivos dos Lares Residenciais:
a. Disponibilizar apoio residencial permanente ou temporário a jovens e adultos com deficiência intelectual;
b. Garantir condições de bem-estar e qualidade de vida ajustadas às necessidades dos clientes;
c. Promover estratégias de reforço da autoestima, autonomia pessoal e social dos clientes;
d. Privilegiar a interação com a família e com a comunidade, no sentido da integração social dos clientes.

Nos nossos 4 Lares Residenciais apoiamos 53 pessoas.

Psicóloga
Técnicos de Serviço Social
Psicomotricista
Educadores Sociais
Animadores Culturais
Monitores
Ajudantes de Ação Direta

Intervenção Precoce - Equipas Locais de Intervenção

A Unidade de Intervenção Precoce, integrada na Equipa Local de Intervenção Porto Ocidental 1 e 2 do Sistema Nacional de Intervenção Precoce na Infância (SNIPI), destina-se a crianças dos 0 aos 6 anos com alterações nas funções ou estruturas do corpo que limitam a participação nas atividades típicas para a respetiva idade e contexto social ou com risco grave de atraso de desenvolvimento, bem como as suas famílias. Este apoio é garantido em Jardim de Infância, Creche, ama, domicílio, Centro de Saúde ou APPACDM do Porto.

106 crianças.

Psicóloga
Técnica de Serviço Social
Terapeutas Ocupacionais
Terapeuta da Fala
Fisioterapeuta

CAARPD - Centro de Atendimento, Acompanhamento e Reabilitação Social para Pessoas com Deficiência e Incapacidade

O Centro de Atendimento, Acompanhamento e Reabilitação Social para Pessoas com Deficiência e Incapacidade (CAARPD) é um serviço especializado, que assegura o atendimento, acompanhamento e o processo de reabilitação social a pessoas com atraso de desenvolvimento, deficiência/incapacidade intelectual e disponibiliza serviços de capacitação e suporte às suas famílias ou cuidadores informais. Funciona na modalidade b) da Portaria nº 60/2015 de 2 de março. Atividades disponíveis: Hipoterapia, Hidroterapia, Música, Terapia Ocupacional, Psicomotricidade, Integração Sensorial, Psicologia, Apoio jurídico e Serviço Social.
O CAARPD funciona no Centro de Reabilitação e Bem-estar.

Sem número definido.

Técnica de Serviço Social
Psicóloga
Terapeutas Ocupacionais
Fisioterapeuta

Sem informação disponível

Sem informação disponível

Sem informação disponível